Não é novidade que o e-commerce no Brasil voltou a registrar crescimento em 2019. Dados divulgados pela Ebit/Nilsen revelam crescimento de 12% em vendas online no primeiro semestre de 2019, representando um faturamento de R$ 26,4 bilhões. Em volume de pedidos, o crescimento foi ainda maior: de 20%.

Segundo a Ebit/Nielsen o que tem ocorrido é uma migração e uma descoberta do canal online: os consumidores passaram a experimentar novas lojas por estarem mais seguros, além de muitos consumidores novos influenciados por aqueles que já estão acostumados a comprar por canais online. Esses novos consumidores somam 5,3 milhões de pessoas. A entrada de novos compradores no cenário de comércio eletrônico tem ajudado a alavancar o setor.

O Brasil já é o país com maior faturamento entre as nações da América Latina. Ainda, segundo os números, 36% da população já compram por meios digitais.

Esse crescimento exigiu técnicas de acondicionamento, entregas e postagens mais eficientes. Neste quesito, as caixas de papelão micro-ondulados tomaram notoriedade nesse cenário.

Resistência, modularidade, volume e qualidade gráfica são alguns dos desafios de um bom projeto de caixas para transportes de todos os gêneros, principalmente do setor alimentício com o advento do delivery.

Outro ponto fundamental para garantir a competitividade gerada pelo comércio digital é que itens como caixas de papelão, além da eficácia dos projetos para os fins que se destinam, têm que ter a melhor relação custo-benefício.

A Emband – Embalagens Bandeirantes – entendeu essa transformação e se adaptou a esse formato de mercado, com soluções exclusivas e competitivas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *